Coluna

Se ninguém fala…

0

Por Sinval Lima
sinval@brisk.com.br

A cidadania bem como a ética são conceitos básicos de uma sociedade justa e próspera. Tudo o que pertence ao caráter pode ser considerado ético ou antiético, dependendo do caráter, evidentemente e, lógico, o aprendizado da ética ocorre ao longo da vida e somente é absorvido através do ensinamento e do exemplo. Mas como é difícil a prática do comportamento ético! O homem é tentado o tempo todo a praticar comportamentos antiéticos e aí é que entra o caráter desenvolvido através do aprendizado, o qual, invariavelmente, é repassado de geração a geração através do meio em que se vive e principalmente no seio da família. Pode até ocorrer desvios, mas a base é o principio de tudo.
Uma sociedade podre finge que está agindo corretamente quando está sendo observada; quando a ética manda agir corretamente também quando não está sendo. Me chamou muito a atenção quando recebi um texto bem interessante do meu amigo Claudilei, o meu guru, cujo título é Uma Pescaria Inesquecível de autoria do poeta e escritor James P. Lenfestey. Trata-se de um conto bem apropriado que deveria circular e ser lido pela maioria dos políticos e empresários que povoam o nosso país, cujos ensinamentos e exemplos costumam ser seguidos por boa parte da sociedade brasileira.
A prática do comportamento ético além de ser fator de prosperidade é também um excelente tranquilizante ao espírito e ao corpo que consegue dormir o “sono dos justos”, sem perturbações e sem dores na consciência. Sem ética, o caráter morre e é isso que vem ocorrendo diariamente no meio político, infelizmente também em nosso pais. Estamos cada vez mais perdendo a autoestima e com toda a razão. O que temos hoje são os melhores exemplos de canalhices, dissimulações, pouca vergonha, cretinices, velhacarias e outros substantivos abstratos que não deveriam fazer parte do dicionário político em qualquer país que seja. E aí entra o pior dos substantivos, o mais utilizado na atualidade: a mentira, sempre estampada no olhar e impregnada no caráter dos políticos quando são fotografados ou filmados. Mentem descaradamente apesar das provas contundentes que são veiculadas diariamente.
Ora, um país vivendo a realidade que estamos vivendo não tem condições de prosperar. Estamos em franco retrocesso industrial, comercial, financeiro e moral. Como mudar isso? Talvez tenhamos que inventar uma injeção de “desmemorização”, capaz de fazer com que todos esqueçamos tudo e recomecemos do ponto zero a partir da adoção do comportamento ético e gravar na memória a lição inesquecível do garoto de Uma Pescaria Inesquecível. Ou então, equiparar roubo do erário público a tráfico de drogas e enviar todos os políticos e empresários ladrões para dar um passeio em um certo país sob o comando de uma tal de JokoWidodo…

Sinval Lima é Diretor da Brisk

Como personalizar camisetas? Entenda os processos e tipos de materiais

Anterior

Como fazer separação de cores

PRÓXIMO

Você pode gostar

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em Coluna