Claudilei Simões de Sousa

Mara de Paula Giacomeli

Quadricromia – Parte 4

Impressão

– Use tinta indicada para quadricromia, na escala EUROPA. São todas transparentes, então, quando tiver material de fundo escuro, é necessário passar um fundo branco.
– Faça testes com várias marcas de tintas existentes no mercado, incluindo as tintas UV.
– Nem toda impressão em quadricromia poderá usar a tinta pura, como vem do fabricante.
– Antes de começar a produção, faça uma prova com a tinta pura. Se a prova não ficar parecida com o original, é preciso mexer na cor da tinta que está ficando fora do tom, rebaixando essas cores que estão ficando escuras na impressão. Para isso, é usado uma pasta incolor, conhecida como pasta de reticula.
– No caso de tinta à base de solvente, use retardador quando a tinta estiver secando na matriz.
– Siga a amostra que o cliente manda como padrão para deixar a quadricromia bem próxima do original. Quando não houver amostra, você terá que acertar comparando com alguma outra amostra ou comparando pelo monitor do computador.
– As cores dominantes são cyan, magenta e preto e, portanto, não podem borrar na impressão, para não causar manchas. Só a cor amarela pode sair com moiré ou borrar, por ser uma cor clara. Obs: O moiré é causado pela coincidência dos pontos da retícula com a malha do nylon, ficando broqueados alguns pontos, evitando a passagem da tinta.
– Se não estiver dando certo, peça ajuda para um técnico de confiança ou ligue para o fabricante da tinta.
– A camada de impressão influencia no colorido final da quadricromia, procure manter sempre uma mesma pressão e inclinação do rodo na hora de fazer a impressão.
– Faça testes com alguns pontos para testar a revelação e a impressão e, caso apareça o moiré, use pontos maiores.
– A sequência para impressão é: primeira cor cyan, segunda cor amarelo, terceira cor magenta e quarta cor preto. Caso a impressão seja invertida, (em vidro ou adesivo interno) a ordem será trocada, devendo usar o branco para o fundo. Para impressão em tecido também poderá trocar as ordem das cores, iniciando pela cor preta.
– Quando for imprimir camiseta, deve-se dar uma pré secagem entre uma cor e outra.
– Em tecidos escuros deve-se dar um fundo branco sem secar muito, senão a outra cor que vai em cima não adere, (não funde). Usar uma retícula abaixo de 20 linhas por cm.
– Caso não obtenha um bom resultado com fundo branco, use o transfer (sublimação).

Rodo

– Use sempre rodo de poliuretano de dureza 70 a 80 shore, com uma inclinação de 45º a 60º, puxando sempre com a quina do rodo. Cuide para que não haja defeitos na borracha, mesmo em camisetas.
Equipamentos
– Para imprimir camiseta: use mesa corrida ou rotativa, carrossel automático com cola permanente sobre uma base macia ou dura.
– Para materiais de superfície lisa: use equipamento com vácuo com impressor mecânico, manual ou semi-automático.
Tendo dificuldade, procure orientação para os fabricantes de produtos serigráficos.

Por:

Compartilhe:

EXPEDIENTE

CNPJ: 65.399.586/0001-54
Reg. N. 13-Liv. B2 -28/01/98
R.C.P.J – Cotia/SP
Art. 8 Lei 5.250 (Lei de Imprensa)
INPI – Art.158 PLI-RPI N. 1390-97

Comercial:
Claudilei Simões de Sousa
sousa@oserigrafico.com


Editorial:
Mara de Paula Giacomeli
mara@oserigrafico.com


Administrativo:
administrativo@oserigrafico.com


Diagramação:
Aristides Neto
arte@oserigrafico.com

Anuncie aqui: